Do ventre para o mundo…

Do ventre para o mundo... ...

Toda criança, da gestação aos 7 anos de idade, necessita de uma presença mais constante dos pais. Quem ocupa o lugar de mãe, tem dupla tarefa neste grandioso e sagrado projeto chamado filhos. Este suporte é essencial no seu desenvolvimento nos seus primeiros anos de vida. Principalmente, por se tratar da formação do cérebro da criança, onde as informações arquivadas comporão seu caráter.  


Os pais neste período, têm a tarefa complicada de dar o que os filhos precisam de atenção e cuidado sem se esquecerem do relacionamento do casal, com a consciência de que ambos têm importância no processo. A mãe, nos primeiros anos ou para o resto da vida e ambos, até o filho se tornar adulto.


Muitas vezes essa divina tarefa é, por força das circunstancias, delegada a terceiros, avós e escolas. Os avós, apesar de terem criado os filhos, neste momento de suas vidas não estão preparados para tal tarefa, mesmo porque eles estão cansados fisicamente e por mais que tenham boa vontade, não conseguem substituir a função e a energia dos pais. 


A escola por sua vez, pode ensinar bons modos, formá-los intelectualmente, mas os valores morais só podem vir dos pais, através das conversas e dos exemplos. Ter bom senso, dialogar e ter consciência do seu papel de condutores de almas. Amor, a gente aprende amando.   


Roberto Inacio

Siga-me nas redes sociais: 

facebook: @institutodurga

instagram: @institutodurga

One thought on “Do ventre para o mundo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *